51 3349.6800 - sulmodulos@sulmodulos.com.br

Como rebocar parede pode ser mais caro que aplicar gesso

Como rebocar parede pode ser mais caro do que aplicar gesso: essa é a pauta do artigo de hoje, que explica as vantagens da utilização do gesso em uma obra.

Siga a leitura para entender mais sobre o assunto!

Entenda como rebocar parede pode ser mais caro que gesso

Ao construir ou reformar paredes, geralmente a primeira opção considerada pelos brasileiros é o método tradicional, que faz uso de tijolos, cimento, argamassa e outros produtos necessários para a construção e reboco de paredes.

Por ser um hábito comum, muitas pessoas não param para refletir que o método convencional nem sempre é a melhor opção no sentido custo-benefício.

Quando rebocamos paredes temos um custo muito mais elevado, pois a prática demanda diversos materiais de construção e, além disso, bastante mão de obra.

Além disso, ao longo dos anos, o reboco de paredes pode gerar trincas, principalmente em construções novas. Por fim, é importante destacar também que embora o reboco tradicional seja resistente a água, pode acontecer infiltração com excesso de chuva ou muita umidade.

Dessa forma, o gesso é uma opção bastante interessante para quem deseja construir ou reformar com maior economia e praticidade.

A aplicação de gesso no acabamento de paredes também oferece benefícios como a rapidez na aplicação, economia de tempo e de custo e excelência no acabamento da parede.

Relembre 4 opções para um bom revestimento de paredes externas

Como vimos, o gesso é uma opção bastante interessante para aqueles que desejam construir ou reformar ambientes interiores com excelente custo-benefício.

No entanto, quando falamos de ambientes externos, outros tipos de materiais são requeridos. Como citado no artigo 4 opções para um bom revestimento de paredes externas, existem quatro modelos de revestimentos para o exterior que merecem destaque:

1. Sistema EIFS: compõe o acabamento externo do Steel Frame e garante um isolamento térmico muito importante para a construção civil.

2. Placa cimentícia: oferecem rapidez na montagem e grande praticidade, podem ser usadas no fechamento de paredes estruturais e de vedação de ambientes externos.

3. SmartSide: produzidos com a tecnologia OSB, protegidos contra a ação de cupins e a degradação de fungos. Com o uso de uma película, eles ganham a aparência da madeira natural e têm grande potencial em uma obra.

4. Siding Vinílico: é um material para parede externa que propicia um bom custo-benefício para uma obra. Seus perfis são compostos por Policloreto de Vinila (PVC). Por ser muito resistente, durável e leve, ele garante uma fácil instalação e exige poucos processos de manutenções. Como consequência disso, seus instaladores são mais produtivos e a sua gestão é otimizada.

Então, gostou da leitura do artigo? Compartilhe!

Curta nossa Página no Facebook e fique por dentro das novidades!