51 3349.6800 - sulmodulos@sulmodulos.com.br

Como trabalhar com Light Steel Frame (LSF) em sua obra?

Mais conhecido como Steel Frame, o Light Steel Frame (LSF) consiste em um sistema industrializado destinado à construção que faz uso de perfis leves de aço galvanizado juntamente com o fechamento executado em placas. Mas como trabalhar com Steel Frame? 

Para a produção, os perfis leves são moldados à frio e a montagem vai resultar nas paredes, telhados e pisos. Ou seja, no esqueleto estrutural e isso recebe o nome de guias e montantes.

Para unir os perfis de Light Steel Frame (LSF) são usados parafusos autobrocantes, porém é necessário seguir o que orientam tanto os projetistas quanto os fabricantes do Steel Frame.  

Quem recorre ao método deve ter em mente que não precisará fazer uso de concreto e de tijolos em sua construção. Além disso, quando comparado a uma construção tradicional, o Light Steel Frame (LSF) ocupa o lugar das estruturas de concreto com fechamentos de blocos ou tijolos ou, ainda, de alvenaria estrutural.

No entanto, é preciso explicar que ele é revestido com placas prontas que podem ser de drywall, madeira OSB, cimentícia que podem receber revestimentos e pintura.

As fundações de construções que vão contar o Light Steel Frame (LSF) costumam ser menos robustas e podem ser desenvolvidas de formas mais simples do que a uma edificação tradicional.

Para fazer a montagem da estrutura, será preciso analisar o esqueleto do projeto, pois guias no piso precisarão ser instaladas levando em consideração a modulação dos montantes e será respeitado ainda as passagens das instalações.

Saiba quais são os três tipos de placas para fechamento do Light Steel Frame (LSF)

Atualmente, aqueles que querem fazer uso do Light Steel Frame (LSF) vão encontrar no mercado três diferentes placas para fechamentos que são:

 

  1. Placas de Madeira OSB (Orientend Stand Board);
  2. Placas Cimentícias e
  3. Placas de Drywall.

 

As Placas de Madeira OSB (Orientend Stand Board) são empregadas no fechado interno, externo ou, ainda, como piso. Elas podem receber tanto diferentes tipos de revestimento como pinturas.

As Placas Cimentícias também estão aptas a receber diferentes tipos de pinturas ou revestimentos e como elas são produzidas em amianto, são indicadas para os fechamentos externos.

Por sua vez, as Placas Drywall, são mais indicadas para fechamentos internos, pois são fabricadas de gesso acartonado. Elas estão prontas para receber revestimentos e pinturas. Em áreas que podem ficar úmidas como cozinhas, banheiros e áreas de serviço devem ser instaladas placas específicas.

É importante explicar que as placas além de serem usadas no fechamento também desempenham a função estrutural que é de contraventamento da estrutura como um todo.

No interior das paredes é que as instalações ocorrem entre os montantes. Para fixar as saídas, é preciso fazer uso de perfis metálicos, pois isso evita que haja movimentação quando usada.

Como Trabalhar com Steel Frame

Para iniciar com o sistema é necessário realizar treinamento especializado na área.

Já existem empresas no Brasil todo que realizam cursos e treinamentos práticos.

A Sulmódulos realiza alguns Treinamentos Steel Frame durante o ano em sua sede.

> Clique aqui para ser avisado sobre as próximas turmas do Curso de Light Steel Frame. <

Aqueles que querem fazer uso do Light Steel Frame (LSF), podem contar conosco!

Para conhecer mais sobre os nossos produtos, clique aqui. Se você estiver em busca de modelos prontos, nós também temos opções. Confira!

Curta nossa Página no Facebook e fique por dentro das novidades!