51 3349.6800 - sulmodulos@sulmodulos.com.br

Composição do drywall: 5 características vantajosas do material

composicao drywall

A composição do drywall faz com que o material apresente diversas vantagens em relação a outros produtos utilizados na construção civil. Pensando nisso, criamos um artigo que demonstra 5 características vantajosas do drywall.

Continue a leitura e saiba mais!

Composição do drywall torna o material destaque entre empreendimentos imobiliários

Nos últimos anos, a utilização do drywall em empreendimentos imobiliários tem se tornado cada vez mais frequente. Atualmente, o conceito de paredes com superfícies rígidas (produzidas com tijolos e massa de cimento) está sendo eliminado e substituído pelas paredes de drywall.

Toda a funcionalidade e qualidade do drywall se deve a sua composição. O material é constituído por uma estrutura metálica leve em perfil de aço galvanizado, formada por guias e montantes, onde são fixadas placas de gesso acartonado (em uma ou mais camadas), gerando uma superfície apta a receber o acabamento final, como pintura, cerâmica, papel de parede, colagem de pedras, entre outros.

Por ser leve e ter uma espessura fina, muitos acreditam que o drywall é um material frágil. Mas, na verdade, ele é altamente resistente: as chapas de drywall apresentam dois versos de cartão e, por dentro, possuem gesso aditivado. O pó do gesso consiste na rocha gypsita desidratada, um material resistente para projetos de construção civil.

Vale lembrar que as placas de drywall são produzidas para utilização em ambientes internos. Se você deseja aplicar o material em fechamentos externos, a composição do drywall deverá conter perfis de aço estruturais e placas cimentícias, para proteção da ação de ventos e chuvas.

4 vantagens em relação à composição do drywall

Veja abaixo 4 vantagens apresentadas pelo drywall devido a sua composição:

1. Resistência ao fogo

O Sulfato de Cálcio faz parte da composição química do gesso utilizado nas chapas de drywall. A substância mencionada possui duas moléculas de água, representando cerca de 20% de seu peso. Para que a ação do fogo destrua as chapas de drywall, terá que primeiramente consumir os 20% do peso em água do material. Nesse sentido, o drywall é mais resistente ao fogo do que outros materiais.

2. Leveza

Devido a sua composição, o drywall é um material muito leve em relação à alvenaria, facilitando o seu transporte e a sua instalação.

3. Redução de resíduos

O drywall é um sistema de construção a seco (ou seja, não necessita de água) e, por isso, apresenta um número significativamente menor de resíduos em uma obra. Além disso, os resíduos do drywall são 100% recicláveis e todos os seus componentes podem ser reaproveitados.

4. Revestimento

Devido à sua composição, o drywall possui um excelente acabamento, o que torna possível a sua utilização para revestimentos internos nos ambientes. Ele pode ser utilizado, por exemplo, para dar acabamento em uma parede de tijolos sem precisar fazer reboco.

Então, gostou de saber mais sobre a composição do drywall? Se você possui outras dúvidas em relação ao assunto, confira outros artigos no blog da Sul Módulos!

Curta nossa Página no Facebook e fique por dentro das novidades!