51 3349.6800 - sulmodulos@sulmodulos.com.br

Construção pré-moldada: afinal, como ela é realizada?

obra pré-moldada

Em uma construção pré-moldada, as peças são preparadas em uma fábrica e seguem para o canteiro de obras prontas para serem montadas. Como resultado, haverá uma diminuição do tempo total da obra e desperdício praticamente zero.

Apesar de muitas vantagens, esse tipo de construção ainda gera dúvidas para a maioria das pessoas e mesmo entre os profissionais da área de Engenharia Civil. Pensando nisso, nós preparamos este texto para você!

Quer saber como funciona uma construção pré-moldada? Então, acompanhe até o fim para entender de uma vez por todas!

O projeto do imóvelsteel frame projeto

Praticamente qualquer imóvel pode ser construído utilizando um modelo pré-moldado, como o Light Steel Frame (LSF). A primeira fase é justamente a transferência do projeto arquitetônico para o modelo desejado.

No LSF, essa fase inclui o cálculo da quantidade de aço necessária e do tamanho das peças a serem cortadas. O LSF é feito com perfis que têm 3 metros de comprimento e são cortados conforme a necessidade do projeto.

Aqui, vale dizer que o termo pré-moldado não significa que as construções já têm medidas e padrões definidos. Na verdade, é exatamente o contrário. As estruturas pré-moldadas são adaptadas a qualquer projeto. Feitos os cálculos, as peças podem ser produzidas.

A produção de peças e estruturasestrutura steel frame

De acordo com as medidas especificadas no projeto, as estruturas e perfis são cortados, dobrados, montados e aparafusados. Esse trabalho é feito com uma velocidade média de 30 metros quadrados por dia. Ou seja, um imóvel de 90 metros quadrados pode ser pré-moldado em cerca de 3 dias.

Toda essa preparação é feita fora do canteiro, em uma fábrica, e realizado por mão de obra especializada nesse tipo de construção. Depois de preparadas e conferidas, as peças podem finalmente ser levadas para a obra.

Planejamento e preparo

Na obra, o engenheiro receberá o material e todas as instruções de montagem. Geralmente será necessário fazer uma fundação para o imóvel. Se, conforme esperado, o projeto foi realizado corretamente e as peças fornecidas de acordo com o projeto, já é possível iniciar a construção.

Execução do plano de construção

Conheça mais sobre os materiais em cada uma das etapas de uma construção pré-moldada!

Fundação

A fundação realizada em construções LSF normalmente é uma fundação rasa, chamada de Radier. Como a estrutura do imóvel é muito mais leve quando feita com essa metodologia, a fundação também demanda muito menos material do que quando o imóvel é feito em tijolo e cimento.

Montagem da estrutura

Os perfis — já previamente cortados e montados — podem agora ser colocados no lugar. Com o projeto do imóvel em mãos, o engenheiro consegue demarcar as paredes e fazer a montagem da estrutura, como se fosse um esqueleto do imóvel.

Além dos perfis em aço, a construção em LSF também usa placas estruturais, chamados de OSB. Esses são compensados navais de alta densidade e são os responsáveis por garantir a rigidez da estrutura.

Com essa combinação de perfis de aço e placas estruturais, pode-se garantir que a construção pré-moldada não perde em nada para a alvenaria em termos de rigidez e segurança.

Impermeabilização

Em seguida, deve-se fazer a impermeabilização da estrutura. Para isso, utiliza-se uma membrana hidrofugante. Ao mesmo tempo em que ela funciona como uma barreira para a água, impedindo que a umidade do exterior penetre no imóvel, ela também permite que a umidade do interior seja transferida para o lado externo.

Dessa maneira, a membrana funciona como uma barreira de proteção do imóvel contra o calor e a umidade.

Instalações elétricas e hidráulicas

Em sistemas pré-moldados, não existem paredes maciças e, por isso, as instalações elétricas e hidráulicas podem ser feitas de maneira muito mais prática. As tubulações são instaladas entre os perfis antes da montagem dos isolamentos e acabamentos.

Se necessária qualquer modificação ou manutenção, basta remover os acabamentos, trocar as instalações e colocá-los novamente no lugar. Nas construções tradicionais, seria necessário quebrar e reconstruir paredes para fazer esse trabalho.

Isolamento térmico e acústico

Os isolamentos térmicos e acústicos das construções pré-moldadas também são bastante flexíveis e podem ser adaptados à necessidade do cliente. Ele decide o nível de isolamento que deseja e os materiais e espessuras são escolhidos pelos engenheiros.

Vale lembrar que todos os materiais usados são homologados pelos órgãos de fiscalização e corpo de bombeiros, garantindo a total segurança do imóvel e, se necessário, proteção contra a propagação de incêndios.

Alguns exemplos são:

Acabamento

Por fim, pode-se fazer os acabamentos da construção. Geralmente, utiliza-se placas de gesso acartonado no interior e placas cimentícias nas áreas externas.

O resultado da construção pré-moldada

O primeiro grande resultado da construção pré-moldada é a redução considerável do tempo de obra. Uma casa inteira pode ser montada em poucos dias, o que jamais aconteceria em alvenaria. E como os perfis já são pré-moldados, a construção fica menos suscetível a erros e menos dependente da qualidade da mão de obra no canteiro.

Depois, pode-se dizer que o desperdício é praticamente zero. Ao utilizar, por exemplo, o LSF, que é uma construção a seco, haverá sobra praticamente nula de material ou, no caso de perfis que precisem ser cortados, uma sobra de cerca de 5%. Se compararmos com a construção em tijolo e areia, uma única chuva pode levar até 30% do material.

Em termos de segurança, pode-se conseguir a mesma estabilidade com um peso muito menor. Enquanto as obras convencionais geram uma carga de 250 kg por metro quadrado, no Steel Frame temos apenas 40 kg por metro quadrado.

Ainda é possível obter isolamento térmico e acústico superior, com uma instalação muito mais prática. Por fim, a flexibilidade para alterar e dar manutenção nas instalações sempre que necessário completa a lista de resultados desse tipo de construção.

Portanto, a construção pré-moldada começa com projeto e cálculo dos materiais necessários. Em seguida, as peças são preparadas na fábrica e chegam ao canteiro prontas para serem instaladas. Cabe ao engenheiro seguir as instruções de montagem e realizar as instalações, isolamentos e acabamentos conforme o projeto.

E você, ficou interessado pelo assunto? Então, não perca mais tempo e baixe agora nosso manual do sistema Light Steel Frame e saiba por que a construção a seco deve ser o método utilizado em sua próxima obra!

Curta nossa Página no Facebook e fique por dentro das novidades!